Rejeição 806: Operação com ICMS-ST sem informação do CEST


A partir de 01/04/2018 uma nova regra de validação para emissão de nota eletrônica entrou em vigor. Em nosso software você encontrará o campo CÓDIGO CEST no cadastro do produto, um pouco após o CÓDIGO NCM, no final do cadastro, como na imagem abaixo:

imagem do sistema

O CEST é o código especificador da substituição tributária, e os produtos que possuem este código devem ser preenchidos para que seja possível a emissão de notas fiscais com as CST 10, 30, 60, 70 e 90, ou com as CSOSN 201, 202, 203, 500 e 900. Vale ressaltar que nem todos os produtos terão CEST, e alguns NCM tem mais de um CEST, então na dúvida solicite auxílo ao seu contador sobre qual valor preencher no campo. Nosso software acompanha uma tabela de códigos, e quando você entra no campo CÓDIGO CEST, caso o NCM preenchido em CÓDIGO NCM tenha um CEST associado o sistema vai capturar ele automaticamente para o campo. Caso o NCM tenha mais de um ele mostrará uma lista, permitindo a seleção, exatamente como ocorre na imagem acima.

Você também pode consultar o CEST do produto pelo NCM através deste site: https://www.codigocest.com.br/.

Esta regra de validação não se aplica quando existe partilha de icms, configurada no módulo tabelas de impostos.